Pelo Seixal, Para um melhor Seixal para todos.

sexta-feira, setembro 30, 2005

Só algumas perguntas...

Perguntas que gostariamos, todos, de ver respondidas por alguém da Maioria do executivo camarário:

1. Quanto é actualmente a dívida aos fornecedores? Tem conhecimento que pequenas empresas de obras públicas e serviços se encontram muito mal finaceiramente, grande parte devido às quantias que não conseguem cobrar da Câmara Municipal do Seixal, que esta tem em dívida? E em resultado disso inclusive se deslocaram a orgãos autárquicos onde chegaram a haver confrontos físicos?
2. Gostaria de saber quanto a C.M. do Seixal paga de RENDA ao grupo propietário das oficinas gerais da Câmara, no PIS? Quanto foi o investimento desse grupo? Que em sete anos com as rendas que rondam os 400 000 contos (dois milhões de euros)por mês, cobrem o investimento feito? Será isto ou não um péssimo negócio? Se foi este mesmo grupo que que pagou grande parte do encarte da C.M. do Seixal no Jornal "Expresso"? Já que a Câmara diz que este último foi pago pela publicidade, será? Ainda referente a este assunto... chegou em 1998/99 a ser levado à Assembleia Municipal e C.M. pela maioria do PCP a proposta que as oficinas gerais CMS passassem do Fogueteiro para a Cucena (então instalações da Assicomate)por tres milhões de contos? Que foi aprovada com os votos da CDU e oposição veemente de todo o resto dos partidos? Que foi sugerido pelos outros partidos que a Câmara detentora de terrenos camarários no PIS fizesse ela própria através de concurso público em terrenos dela essas oficinas?Que assim ficariam a metade do preço? Que são exactamente instalações do mesmo grupo económico que acabaria por arrendar no Parque Industrial do Seixal à Câmara as actuais instalações? Coincidências?
3. Como foi possivel e que critérios conduziram à escolha da firma vencedora para a empreitada do pavilhão desportivo da Escola Básica 2,3 António Augusto Louro, firma essa que se revelou sem capacidade para construir tal empreendimento? Como foi possivel escolher essa firma?
4. Como é possivel que em 2005, com trinta anos de gestão comunista, ainda 65% dos esgotos não tenham tratamento no Seixal? Trinta anos não chegaram? Que com isso a Baía do Seixal seja dos locais mais poluidos de Portugal? Que os banhos estejam interditos na Baia do Seixal? Será que as pessoas que correm gostam de o fazer à beira de um dos lagos mais poluidos da Europa?
5. Que obras andam os privados a pagar e a Câmara a fazer de conta que são suas? O centro de estágios do Benfica? O desnivelamento da E.N. 10 na Cruz de Pau (Carrefour)? Porque ainda não mexeram nos acessos à E.N.10 para os habitantes de Casal do Marco e de Pinhal de Frades? O arranjo Ribeirinho da marginal da amora(Leclrec)? O MST da responsabilidade do poder central? Os barcos da TST, que aparecem em toda a propaganda CDU? Ou os comboios da fertagus? O passeio Ribeirinho do Seixal?

terça-feira, setembro 27, 2005

Abstenção 54,64% - Seixal recordista pela negativa

Nas últimas eleições autárquicas a abstenção atingiu a cifra de 54.64%. Para sermos mais claros, mais de metade dos eleitores inscritos no Concelho do Seixal não votaram. Numa leitura muito simples e rápida, podemos afirmar com grande segurança que a única força politica partidária que é favorecida por este facto é a CDU. Para os mais desatentos é a sigla que o PCP concorre nas autarquias locais, através de uma aliança muito ténue e débil com o PEV, aquele partido que também ninguém percebe o porquê de se chamar ecologista.
Falemos agora de algo que nos devia preocupar a todos, que é um problema das sociedades ditas modernas, mas que o deixa de ser se nos favorecer. Deveriamos poder ter a oportunidade de ler no Boletim Municipal um apelo ao voto, mas tal nunca acontecerá. Relembro aqui uns tempos atrás, num referendo ao aborto, o mesmo PCP levantou a sua voz porque não tinham participado (votado) nesse dito referendo 50% dos eleitores. O problema no nosso Concelho do Seixal é que a maioria CDU quer que se mantenha essa situação. Se atentarmos aos números de outras eleições, reparamos numa coisa muito curiosa, a CDU tem praticamente o mesmo número de votos nas eleições para a Câmara e numas eleições nacionais (legislativas, europeias), que nesses casos a torna a segunda e por vezes a terceira força partidária no concelho. Com abstenção de mais de metade, mantendo sensivelmente o mesmo número de votos consegue ser maioria nas eleições das autarquias locais no Seixal.
Mas nem tudo são más noticias. Algumas são mesma notícias de mau gosto. JÁ TEMOS NOVOS CARTAZES DA CÂMARA. Obrigada que foi pela Comissão Nacional de Eleições a retirar os cartazes que coincidiam com a campanha da CDU, a Câmara, deu-se ao trabalho, imaginem, de em tempo record mandar fazer e com o DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES PAGAR NOVA PUBLICIDADE AUTÁRQUICA EM VÉSPERAS DE ELEIÇÕES . Inconcebível num país dito democrático.São estes senhores que dirigem a nossa Câmara desde o 25 de Abril. São estes senhores que gastam o nosso dinheiro desta forma, o dinheiro de todos os contribuintes. Se quer continuar a viver num concelho assim, não vote fique aí sentado na sua casa. Se quer realmente um concelho ao nível dos melhores do país faça alguma coisa por ele, no dia 9 de Outubro vá votar!!

segunda-feira, setembro 26, 2005

Democracia - Versão PCP - Seixal

"PSD/Seixal volta à carga


A queixa, acompanhada de fotografia, baseia-se no facto da autarquia ter propaganda da CDU misturada com revistas e panfletos de divulgação de iniciativas da autarquia, na sede dos Paços do Concelho, considerando-a “um atentado à legislação”.Recorde-se que, recentemente, e também por queixa apresentada à CNE, esta mandou a autarquia retirar os outdoors, que apresentavam a mesma sigla da CDU “Mais e Melhor”.Os social-democratas têm criticado por diversas vezes a publicidade e culto de imagem que a maioria CDU na Câmara promove no Boletim Municipal.Um dos responsáveis do PSD do Seixal considera que a “publicidade da CDU no interior de serviços camarários ultrapassa todas as regras do bom senso”. Para os laranjas “torna-se imperioso” que a CNE “actue vigorosamente contra a Câmara, face à violação da lei”.FB" com a devida vénia in Notícias da Manhã